Futuros Possíveis/ Possible Futures

Arte, Museus e Arquivos Digitais


2 Comentários

Ana Pato

Ana Pato é mestra em Artes Visuais pela Faculdade Santa Marcelina (2011), formou-se em Comunicação Social pela Fundação Armando Alvares Penteado (1994) e tem especialização em administração na cultura pela Fundação Getúlio Vargas (1996). É autora do livro Literatura expandida: o arquivo e a citação na obra de Dominique Gonzalez-Foerster (a ser lançando em dezembro 2012). Atua na área de gestão cultural e é diretora executiva da Associação Cultural Videobrasil, onde começou a trabalhar em 2000. Entre os principais projetos que coordenou no Videobrasil estão: a estruturação e implementação do banco de dados online do Acervo Videobrasil (2002-2005, com atualização técnica em 2012), e direção executiva das exposições dos artistas Sophie Calle (2009), Joseph Beuys (2010), Olafur Eliasson (2011) e Isaac Julien (a inaugurar em setembro de 2012), além de quatro edições do Festival Internacional de Arte Contemporânea SESC_Videobrasil (2001, 2005, 2007 e 2011) e duas exposições dedicadas a arte contemporânea africana (2000 e 2005).

Ana Pato has a MA in Visual Arts by the Faculdade Santa Marcelina (2011), and is graduated in Social Communication at Fundação Armando Alvares Penteado (1994). She also holds a graduate specialization in cultural management by the Fundação Getúlio Vargas (1996). She is the author of the book Literature expanded: the archive and quote in the work of Dominique Gonzalez-Foerster (to be launched in December 2012). She works in the area of cultural management and is executive director of the Associação Cultural Videobrasil, since 2000. Among the main projects that she has coordinated in Videobrasil are: the structuring and implementation of the online database of Videobrasil Collection (2002-2005, with technical upgrade in 2012), and executive director of exhibitions of artists Sophie Calle (2009), Joseph Beuys (2010), Olafur Eliasson (2011) and Isaac Julien (opening in September 2012), in addition to four editions of the Festival Internacional de Arte Contemporânea SESC_Videobrasil (2001, 2005, 2007 and 2011) and two exhibitions dedicated to contemporary African art (2000 and 2005).

Anúncios


1 comentário

Gabriela Previdello

Gabriela Previdello vive e trabalha em São Paulo, Brasil. Bacharel e Licenciada em Artes Plásticas pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP, 1992), iniciou sua carreira no eixo da Direção de Arte atuando na MTV (1995 -1996) e em produtoras de filmes como Film Planet, O2 Filmes, Margarida Filmes, entre outras (1999 a 2005). Realizou exposições tais como Elos e Perfurações (1997) e Viva Vallauri (1998) no MIS – Museu da Imagem e do Som de São Paulo, além de diversas edições do FILE – Festival Internacional de Arte Eletrônica (2005 a 2010). Atualmente como Coordenadora do FILE Arquivo e mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (PPGCI | ECA | USP), trabalha na linha de pesquisa Organização da Informação e do Conhecimento com as temáticas: informação e conhecimento na contemporaneidade, documentação de arte eletrônica e digital, informação na arte, matriz da informação nos ambientes de arte, preservação de arte digital, sistemas complexos e inteligência artificial aplicada aos ambientes de informação.

/

Gabriela Previdello lives and works in São Paulo, Brazil. She is graduated in Fine Arts from Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP, 1992), and began her career in Art Direction working at MTV (1995 -1996), and film production offices such as Film Planet, O2 Filmes, Margarida Filmes, among others (1999 to 2005). She curated  exhibitions such as Elos e Perfurações (1997) and Viva Vallauri (1998) at MIS – Museu da Imagem e do Som de São Paulo, and several editions of FILE – Festival Internacional de Arte Eletrônica (2005 to 2010). She is currently coordinator of FILE archives, and is taking her MA at the  Graduate Program in Information Science at ECA USP. She works on the line of research Organization of Information and Knowledge with themes such as: information and knowledge in contemporary time; documentation of electronic and digital art; information of art, matrix of information in art environments, digital art preservation, complex systems and artificial intelligence applied to information environments.