Futuros Possíveis/ Possible Futures

Simpósio Internacional/International Symposium


Deixe um comentário

Net arte desafia a preservação/ Net art challenges preservation

O modo como os artistas fazem e usam sua documentação, do desenvolvimento até a apresentação final de sua obra, oferece informações que são importantes para sua preservação ou recriação. Os modelos de documentação tradicionais dos museus não levam em conta as qualidades específicas e inerentes dessas obras. Documentar a net arte exige uma nova compreensão da teoria da conservação. Em vez de trabalhar para uma abordagem de fixação, voltada para o objeto, proponho enfocar a documentação do processo e a experiência de uma obra: manter o conhecimento e a memória vivos, mas aceitando uma perda de história.

How artists make and use their documentation, from the work in progress to the final presentation, gives information about a work, which is important for the preservation or recreation of a work. Traditional museum documentation models don’t take into account specific and inherent qualities of these works. Documenting net art requires a new understanding of conservation theory. Instead of working towards an object-oriented approach of fixation I propose to focus on documenting the process and experience of a work: keeping knowledge and memory alive but accepting a loss in history.

Annet Dekker


2 Comentários

Annet Dekker

Annet Dekker (NL, 1970) é curadora independente e pesquisadora. Os temas de interesse são: a influência de novas mídias, ciência e cultura popular na arte e vice-versa. Atualmente ela trabalha como webcurator para Skor (Fundação de Arte e Domínio Público), professora convidada no projeto temático Archive & Memory em Piet Zwart Institute, em Roterdão, e como pesquisador na ‘Born-Digital Art in Dutch Collections’ para SBMK, Virtueel Platform, NIMk em DEN. Em 2009 ela iniciou aaaan.net com Annette Wolfsberger. No momento eles organizam o programa Artist in Residence na Netherlands Media Art Institute (Instituto Holandês de Arte Midiática) em Amsterdã e produziram o Funware, uma exposição itinerante internacional em 2010 e 2011 sobre diversão em software (com curadoria de Olga Goriunova). Desde 2008 ela está escrevendo um PhD em estratégias para documentar net arte líquida no Centre for Cultural Studies (Centro de Estudos Culturais), Goldsmiths, University of London, sob a supervisão de Matthew Fuller.

http://aaaan.net Continuar lendo

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 28 outros seguidores